© 2018 by JOY IT

  • Facebook - Black Circle
  • LinkedIn - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Fabricio Freitas

O Aquecimento do mercado de servidores usados.



Por muito tempo em alguns segmentos do mundo corporativo usou-se e até mesmo ainda hoje é usado como servidor principal aquele Computador Pessoal (PC) "mais forte", com uma configuração mais "parruda", ao invés de um servidor com o hardware construído e preparado para essa finalidade. E realmente até existiam motivos para se apostar em algo assim com um ótimo custo beneficio. Era praticamente inviável um pequeno negócio investir em um Servidor "real", pois, o seu custo era muito alto e o impacto em caso de uma "parada" não era tão grave assim, podendo ser contornado na maioria dos casos.

Porém vivemos em outros tempos onde a Tecnologia da Informação (TI) deixou de ser apenas um setor de pouca importância para se tornar um dos principais setores para o core da maioria dos negócios, com tudo se tornando eletrônico e dinâmico. Com isso não se pode mais dar ao luxo de ficar com a infraestrutura de TI indisponível por muito tempo. Cada vez mais o mercado exige algo perto dos 100% de disponibilidade dos serviços e recursos de TI, não cabendo mais o famoso PC de hardware "parrudo" atuando como servidor.

A boa notícia é que o preço dos servidores estão ficando mais acessíveis, sendo uma opção mais tangível para muitas empresas de pequeno e médio porte e se tornando algo mais comum. Mesmo em muitas vezes limitados por uma configuração mais básica, ainda assim atende muito bem as necessidades das empresas. Porém em muitos casos onde se tem inúmeros sistemas ou soluções que necessitam cada vez mais de hardware ou se quer acompanhar a tendência atual de virtualização e cloud computing (computação em nuvem) privado e outras boas práticas na área de TI, um servidor básico já não comporta esta demanda.

Por esse motivo o mercado de servidores usados está cada vez mais aquecido se tornando uma alternativa viável e de excelente retorno para a empresa que quer ter uma estrutura mais robusta, mas não dispõe de tanto recurso para investir em servidor novo.

Esses equipamentos usados vem principalmente de empresas de grande porte que trocam seu parque de servidores, colocando os antigos no mercado a um preço bem acessível. Para se ter uma ideia um servidor usado pode chegar a custar 30% do valor de um servidor novo equivalente em "potência", recursos e estabilidade.

A Planetaweb comercializa servidores usados e fornece consultoria para implantação além de gerenciamento e suporte de servidores.

#Servidores #TI #Negocios

22 visualizações